2021-05-20
19 maio 2021 | Fundação StopPropaganda
Source: Voice of Belarus

Ative as legendas em seu idioma nas configurações de vídeo.

O Centro de Isolamento de Infratores de Minsk na Rua Akrestsin se tornou conhecido muito além das fronteiras de Belarus após as eleições presidenciais em 9 de agosto de 2020 e se tornou um símbolo da brutalidade das forças de segurança para com os detidos durante os protestos.

A propaganda do Estado e a liderança do centro negam numerosos casos de tratamento cruel e condições desumanas de detenção de prisioneiros.

No entanto, pessoas libertadas continuam a testemunhar sobre tortura. As pessoas reclamaram da falta de colchões e de banhos de sol, das celas abafadas e superlotadas. Eles também relataram sobre “medidas físicas” e que uma solução concentrada de alvejante é derramada no chão nas celas, o que torna difícil respirar dentro da cela.

Ativistas de direitos humanos entendem tais condições desumanas de detenção de presos políticos, deliberadamente criadas pela administração do centro de detenção, como tortura.

#belarus2020
#StandWithBelarus
#FreeBelarus

Inscreva-se no canal Voice of Belarus no YouTube